Homens que ousaram

EDWARD PAYSON TENNEY

Se o caráter de Cristo está hoje sobre a terra, é possível rastreá-lo por meio das centenas de milhões até milhões, e de milhões até milhares, e de milhares até centenas, e de centenas até os doze, e até o próprio Jesus.

Os heroísmos da cristandade começaram na Galileia, no seguimento pessoal de um líder pessoal. A estrutura moral do Reino de Deus no mundo de hoje existe através da imitação pessoal em todas as idades do caráter de Cristo… que nos amou antes da fundação do mundo.

Às percepções embotadas e ao gosto perverso da época em que Jesus viveu, Ele estava sem forma ou beleza. Alguns poucos realmente viram a beleza de sua vida santa e abnegada, o chamaram de Mestre, e seguiram seus passos; e para seu louvor ficará para sempre no registro celestial, que o Filho de Deus na Terra não foi completamente desvalorizado nem totalmente incompreendido. Nenhum homem jamais viveu que tenha acrescentado tal glória à humanidade. A vasta e imponente gama de poetas e sábios, profetas e reis, ao longo de toda a história do mundo, não acrescentaram tanta nobreza à nossa raça como os humildes amigos do Cristo, na medida em que eles eram Seus amigos. Pois essa era uma época em que os homens atavam cargas pesadas e as colocavam sobre os ombros de outros homens. Essa era egoísta não conheceria um Redentor que se abandonasse a si mesmo. É a única característica salvadora de tal idade, que havia nela um punhado de homens que se atreviam a ser discípulos de Cristo.

A nobreza, a grandeza do trabalho realizado pelos apóstolos está intimamente ligada à instrução que receberam do Mestre… Deus usou esses instrumentos imperfeitos para trabalhar uma revolução sociológica no mundo; trazendo numa época em que os doentes e os tristes deviam ter justa consideração nos reinos do mundo – dos quais o diabo então reivindicava a propriedade, possuía, como os reinos eram, por líderes robustos, prósperos, de coração duro e egoístas.

Quando Jesus atraiu os homens para Si, centrando suas vidas sobre Si mesmo, fazendo-Se seu Mestre, eles encontraram não apenas descanso em imitar Sua mansidão e humildade, mas Seu jugo tão fácil a ponto de se relacionar com suas vidas espirituais como as asas de um pássaro são um fardo de fato, mas leves e úteis para elevar o céu.

Jesus inspirou homens comuns a fazer ações incomuns – os fracos foram feitos poderosos, os covardes ousados e prontos para o martírio. Os homens que fugiram à vista de Sua cruz, correram prontamente para suas próprias cruzes. Aqueles que caminharam com o Nazareno, estavam tão cheios do espírito de seu Mestre que os homens tomaram conhecimento deles, e sabiam que tinham estado com Jesus.

Abandonando tudo, nós o seguimos – chamamos nossos irmãos por toda a terra: “Encontramos o Messias!”

Share this post

Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Deixe um comentário